Centrais sindicais ofereceram denúncia na OEA contra reforma trabalhista

A União Geral dos Trabalhadores (UGT), juntamente com a Central Única de Trabalhadores (CUT) e Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) ofereceram denúncia na Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), da Organização dos Estados Americanos (OEA) contra a Reforma Trabalhista e Terceirização no Brasil. A denúncia foi aceita pela entidade que julgará a questão durante o 165º Período Ordinário de Sessões dessa comissão, a ser realizado de 23 a 27 de outubro, em Montevideo, Uruguai.
O objetivo das centrais é o de expor as ações praticadas pelo Governo brasileiro que, ao impor para a sociedade profundas mudanças sem o devido debate e aprovar leis que regridem séculos em termos de relações laborais e garantias de direitos humanos, sucumbiu as exigências mercadológicas de grupos financeiros em detrimento ao capital humano, afirma Ricardo Patah, presidente da UGT.
Com essa medida, a UGT e suas entidades coirmãs terão a oportunidade, muitas vezes negada pelo Governo brasileiro, de mostrar como tais medidas já aprovadas de forma açodada violam diversas normas internacionais, principalmente as de Direitos Humanos das Nações Unidas, da Organização dos Estados Americanos e da Organização Internacional do Trabalho.
Fonte:UGT

Comentários

  1. Bom dia sr Patha por favor nao deixe fechar a subsede da Lapa por favor eu imploro amamos todos os funcionarios de la que nos tratam muito bem medicos exelentes atendentes amaveis por favor

    ResponderExcluir
  2. Bom dia acho q nao houve tempo p ver minha solicitação
    Por favor nao feche a subsede da lapa por favor obg

    ResponderExcluir
  3. Meu nome é Isabel somos associados a muitos anos a subsede Lapa faz parte da nossa historia de vida por favor nao a fechem

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog